Domingo, 11 de Dezembro de 2005

Traveling without moving...its time

Clouds .jpg

Faltam horas para partir,este é o ultimo sítio que tenho de visitar.

Aqui me esperam sempre com palavras meigas todos os que me amam.
Também vos amo,a todos.
Os presentes e os ausentes por igual,deixo ficar para trás uma grande parte do meu coração.Deixo-o onde me sentem,aqui e em toda a parte.Tentarei falar-vos de lá,mas se sentirem a minha ausência aqui...matem as saudades nos meus textos que aqui ficam.É onde vive a minha alma.

Votarei...é assim e assim será.O céu e as nuvens esperam por mim...amanhã.

Aware
publicado por aware às 23:05
| comentar
|
6 comentários:
De a 15 de Dezembro de 2005 às 00:54
partes numa viagem sem fim, num mundo espiritual que enobrece... Vives 1000 aventuras enriquecedoras, que façam de ti uma mulher mais bela do que aquilo já és... que os caminhos da sabedoria tem tragam algo mais para a tua mente, para que possas percorrer e vencer todos os desafios que apareçam a frente... minha querida, lembra-te... apesar de ires sozinha... lembra-te... espiritualmente, não estás só...

eu estou contigo.

adoro-te linda e mal posso esperar em voltar a ver-te.Karura
(http://www.blackpenguin.blogs.sapo.pt)
(mailto:anywherebuthome@gmail.com)
De a 14 de Dezembro de 2005 às 11:51
Comecei por ler os teus últimos posts… não resisti e fui até ao príncipio. Um a um, segui as tuas pegadas tão bem marcadas e percorri caminhos novos, revi lugares, pensamentos, sensações... Obrigado pela óptima viagem que me proporcionaste, mesmo sem já lá estares mas que tão bem assinalaste. Espero que seja apenas um até breve!Joao
</a>
(mailto:jo221@mweb.co.za)
De a 13 de Dezembro de 2005 às 19:28
Beijão enorme e um abraço apertado!
Boa sorte na tua busca interior, vai e vence!
Esperamos cá por ti***Samuel
(http://www.samuelcoelho.blogspot.com)
(mailto:unklesamuel@hotmail.com)
De a 13 de Dezembro de 2005 às 09:39
Os teus textos magníficos fazem acordar a lembrança da tua presença. Deixas tanto da tua alma aqui espelhada que ficarás gravada para sempre no coração de quem te lê. Voltarei aqui sem pre que necessitar de ajuda para as minhas reflexões pessoais. Beijo, já com saudadesMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)
De a 12 de Dezembro de 2005 às 00:38
Acredita que não de todo uma ausência o que aqui deixas. É uma presença, um mapa, um caminho. Pegadas bem firmes no chão. Marcas. Reais. Esperamos.Vincent
(http://www.alinhadesombra.blogs.sapo.pt)
(mailto:vincent-x@sapo.pt)
De a 11 de Dezembro de 2005 às 23:45
Estive a ler os textos anteriores, desejo-te mesmo tudo de bom.. não digo mais porque não gosto de usar clichés mas mesmo sem perceber, já sinto tb a minha parte das saudades :)
Como disse .. o mar é união, nunca fronteira.. e as nuvens o sonho:)
Beijos*******Ser-se em Palavras
(http://www.longtakk.blogs.sapo.pt)
(mailto:golden_sky_@hotmail.com)