Sábado, 4 de Março de 2006

only time

yellow.jpg


''Who can say where the road goes,
Where the day flows, only time?
And who can say if your love grows,
As your hearth chose, only time?''

...

O meu cabelo está a crescer.

O tempo está a passar,como o meu cabelo por entre os meus dedos.Suavemente...
Penso em ti e começo uma trança,penso na próxima vez em que nos veremos e espero que cresça.Quando nos virmos reconhecer-me-ás?

Sei que gostas dele comprido por isso espero que cresça e guardo as tesouras.

Em alturas assim o tempo abranda e a minha paciência parece eterna.Mas não o é...
Esta tarde perdi-me debaixo de uma mimosa em flor,naquele cheiro verde,naquele ar frio como um sorriso.Num sitio tão perdido como eu...tão sem nome como eu.
Sentei-me perto da arvore sem palavras.Ouvi o vento passar-lhe entre os ramos como passo os dedos pelo meu cabelo agora...levando-lhe o perfume das flores.

Suspiro e sinto-me vazia.

Volto pelas estradas que já conheço,escorrem como ondas,azuis no pôr do sol, levam-me em correntes até casa.Ondulam como os aneis escuros do meu cabelo...a noite vem.Olho para a cidade de longe,as estrelas espalhadas pelo chão negro...pelo alcatrão líquido.

Em alturas assim parece-me que já nada sei...

Deixo-o crescer...acabo a trança e os meus dedos ficam vazios,no meu colo.


Aware
publicado por aware às 03:54
| comentar
|
5 comentários:
De a 6 de Março de 2006 às 09:49
Quem ama espera. Espera o cabelo crescer ou tece em teares e desfaz de novo qual Penélope porque Ulisses volta a seus braços. Gostei tanto do texto e com amor sempre se espera... BeijoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:mantosilva@sapo.pt)
De a 6 de Março de 2006 às 09:39
Adorei o teu texto... e essa tua paciencia. Parabens!BjsJoao
(http://outofafrica.blogs.sapo.pt/)
(mailto:jo221@mweb.co.za)
De a 5 de Março de 2006 às 11:39
A paciencia de sentir o cabelo crescer, de esperar pelo vento chegar, a flor abrir. Paciencia de quem sabe amar. Está maginifico o teu texto. Mesmo, mesmo muito bom :) bjsVincent
</a>
(mailto:vincent-x@sapo.pt)
De a 4 de Março de 2006 às 12:37
Tão belas as tuas palavras! Apesar da solidão que sentes, transmites uma calma e serenidade... Não consigo explicar! Gosto de vir aqui! Bjs de LuzMoonLight
(http://atmoonlight.blogs.sapo.pt/)
(mailto:moonlight@sapo.pt)
De a 4 de Março de 2006 às 12:29
Gostei deste teu momento!!! transparece nele uma certa paz... :) Um beijinho grandeAran_aran
(http://capricornioemim.blogs.sapo.pt)
(mailto:aran_aran@sapo.pt)