Terça-feira, 25 de Outubro de 2005

to lost inocence

mist.jpg

Quando somos novos sabemos que nos podemos magoar,mas nunca acreditamos nisso verdadeiramente.Só quando alguma coisa nos tira a normalidade é que nos apercebemos.Só quando perdemos qualquer coisa verdadeiramente importante é que vemos o seu valor.Nada nos faz sentir mais que a ausência...até nas coisas mais simples.

Há muito tempo tive como amigo um poeta,era das poucas pessoas com quem conversar podia ser durante horas sem o menor cansaço.Tenho muitas saudades de conversar assim.Não compreendo porque nunca mais o vi...mas essa é a realidade.

Nunca esperei habituar-me a contar com alguém,mas assim que deixamos de sentir uma presença percebemos.Pode ser um amigo,ou apenas um comentário...pode ser empatia ou o simples sabor de um chá.A verdade é que perdemos uma coisa que nos faz sentir bem.Na verdade são sempre as coisas mais simples que nos fazem sentir bem...e são sempre elas as mais dificeis de perder.
Acho que o meu joelho me ensinou muito disto também.

Á cura.*

aware




publicado por aware às 02:02
| comentar
|
1 comentário:
De a 26 de Outubro de 2005 às 01:18
Concordo.. é sempre quando se perde algo .. que sentimos verdadeiramente a sua ausencia.. talvez porque essa ausencia depois tenha dois polos .. akele positivo de recordar e depois o negativo de não ter.. talvez por isso tenha também mais impacto. Essa imagem também transmite um pouco do que dizes..o nevoeiro dá a ideia de que o tempo não passa.. a agua de estagnação .. de ausencia.. e as arvores as espectadoras..
É o que faz ser humano.. *****Ser-se em Palavras
(http://www.longtakk.blogs.sapo.pt)
(mailto:golden_sky_@hotmail.com)

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers