Domingo, 31 de Dezembro de 2006

Home



Another summer day
Has come and gone away
In Paris and Rome
But I wanna go home
Mmmmmmmm

Maybe surrounded by
A million people I
Still feel all alone
I just wanna go home
Oh I miss you, you know

And I’ve been keeping all the letters that I wrote to you
Each one a line or two
“I’m fine baby, how are you?”
Well I would send them but I know that it’s just not enough
My words were cold and flat
And you deserve more than that

Another aerorplane
Another sunny place
I’m lucky I know
But I wanna go home
Mmmm, I’ve got to go home

Let me go home
I’m just too far from where you are
I wanna come home

And I feel just like I’m living someone else’s life
It’s like I just stepped outside
When everything was going right
And I know just why you could not
Come along with me
This was not your dream
But you always believed in me

Another winter day has come
And gone away
And even Paris and Rome
And I wanna go home
Let me go home

And I’m surrounded by
A million people I
Still feel alone
Oh, let go home
Oh, I miss you, you know

Let me go home
I’ve had my run
Baby, I’m done
I gotta go home
Let me go home
It will all right
I’ll be home tonight
I’m coming back home
Michael Buble


Aware
publicado por aware às 22:15
| comentar | ver comentários (4)
|
Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006

The gates




Tenho a sensação distinta que tudo está errado pelas razões certas...

Encosto a cara ás grades e respiro o ar que fica além delas...sem poder caminhar naquela terra.

Eu não sou livre.

Descobri a resposta mas esqueci todos os passos que me conduziram a ela. Até me recordar só posso viver distante e sonhar dentro do ar perfumado de uma promessa que se mantêm...inabalável.

Esqueci-me...perdi-me na compreensão, e no medo que ela fez renascer.

Distraí-me com a sensação de caminhar no mundo outra vez, como pela primeira vez e enquanto caminhava olhando para o céu lentamente elas regressaram, tal como a dor.
Agora já não consigo respirar o suficiente para fazer as palavras sairem da minha boca e nada permanece aqui. No sítio que me ajudou a definir-me durante tanto tempo...

Mas eu estou aqui.

Uma por uma as palavras regressarão,e eu recordar-me-hei e caminharei livre.

...eu caminharei livre.


Aware
publicado por aware às 20:47
| comentar | ver comentários (3)
|
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2006

sidartha



"A viagem é uma sucessão de irreparáveis desaparições"
                  Paul Nizan


Mais uma vez o caminho chama...

...e eu vou.


Aware

publicado por aware às 18:58
| comentar | ver comentários (4)
|
Domingo, 10 de Dezembro de 2006

Burnt Wings




A existência afasta todas as palavras e a alma cala-se... as asas ardem.

Ardem...e eu nem as sinto enquanto observo e aprendo o estranho funcionamento do mundo.

Encontro muitos espelhos e todos me dão um reflexo diferente...perco-me na riqueza dos detalhes, tanto na beleza como na poeira que os cobre, tornando-os únicos. Um a um se viram...beijo-lhes as costas e olho para lá deles.

O ar está saturado de brasas... e do som que queima.

Está na hora de partir outra vez. O tempo sabe mais que nós, só ele dirá e a sua voz é sempre tão doce...saberei. Cada gesto, cada palavra falará por si como as estrelas no azul silencioso do teu olhar.

Mexo-me devagar e pedaços de mim partem-se e caem.

Grito a minha alma...bato-as com força e o ar enche-se de fogo e fuligem...as asas desfazem-se.

Basta...

...quero ser humana agora.



Aware
publicado por aware às 20:24
| comentar | ver comentários (1)
|

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers