Sexta-feira, 14 de Outubro de 2005

Suspiro profundo

humanity .jpg


Memórias de uma desilusão...depois de sonhos num sono profundo um acordar,difícil.Acho difícil sair de uma mar de lençois pesados de sono,de cansaços e derrotas.O corpo já não responde e a cama já não é quente.Tentar desamarrar o corpo,em voltas...voltas como os remorços.Tão inuteis...

''Só quando temos o outro que conosco desempenha o papel que necessitamos,nos convertemos em «reais»;sem ele estamos à mercê dos nossos sonhos que como se sabe são vãos.''

Estar presa a este estado de irrealidade que é a solidão,por mentiras como esta.Só porque são doçes...

Nunca pensei vir a dizer isto...mas o doçe pode tornar-se insuportável.Irrealidades em que temos fé,para que pela fé se realizem...até à náusea.Não existem!...só sobra o doçe enjoativo de coisas que nunca irão acontecer num corpo doente de dor.
Numa solidão auto imposta temos de nos embalar com qualquer coisa...até mentiras servem.Tudo para conseguir adormecer...para nunca acordar.
Pintar o dia de preto com cortinas,fechar um quarto para o corpo acreditar que tem de continuar a dormir...mas o corpo sabe.A dor existe...é tão simples.

Tem-me feito falta palavras...palavras de outras pessoas.Espero por elas,mais um sonho que entretenho.Queria perceber melhor porque é que os sonhos não funcionam...porque é que as pessoas não nos surpreendem,porque é que o universo não funciona.Mas isso são os meus sofismas...
A realidade existe,crua como a luz.Todos os dias alguém se senta ao meu lado,e assim ficamos,esperando(penso eu) que o outro fale.Não é dificil perceber que não existe ninguém ao meu lado...estão nas suas vidas onde eu não os procuro.

Não consigo ser perfeita...houve uma altura em que sentia a necessidade de ser absolvida desse pecado,mas esse é um perdão que não se obtêm.Resta-me uma humildade que para além de verdadeira é muito saborosa.Porque não?Não sou puritana ao ponto retirar o prazer à honestidade.O tempo de fazer o que é certo com os olhos no chão já passou.
A verdade é que por mais crua que a realidade seja,é-me muito mais facil de viver que as alternativas.Um novo gosto ao principio é estranho...mas os gostos são coisas que se adquirem.A consciência será o meu novo gosto adquirido...por um segundo hesitei entre 'realidade' e 'verdade'...mas esses são conceitos onde me posso perder e prender muito facilmente.Se bem que a consciência também possa ter muitas inerpretações...gostei particulamente desta:

''Capacidade que o homem tem de conhecer não apenas valores e mandamentos morais e aplicá-los nas diferentes situações, mas também de se localizar no universo, de perceber odores, cores, sabores, texturas, temperaturas (...) e saber o que vem de si e o que vem de fora de si. De ser capaz de olhar para o céu e saber do deslocamento do ponto em que se encontra em relação ao todo e do todo em relação a sí.''

O resto é o quarto crescente,as nuvens iluminadas na noite...musica,Maria Rita 'Veja bem meu bem'...talvez.

aware


publicado por aware às 21:32
| comentar
|
2 comentários:
De a 15 de Outubro de 2005 às 20:46
Não é preciso dizer que este sítio é pouco conhecido e raramente descoberto...mas de vez em quando existem gordas gotas de água no deserto:)****aware
(http://pilgrimhearts.blogs.sapo.pt)
(mailto:jani_fullmoon@hotmail.com)
De a 14 de Outubro de 2005 às 23:51
Tão bonito este texto.. adorei. Li e voltei a ler, porque as palavras também são um suspiro profundo e numa primeira leitura não se consegue interpretar à primeira tudo o que escreves. Porque é pessoal, porque é intimo, porque é um suspiro sentido.. e quanto mais tempo se leva a entender.. maior é o sinal de que esse suspiro é profundo. Por vezes quando a dor se torna muito forte.. os sonhos ganham uma beleza simbólica ainda mais especial, não é? Quando estamos felizes .. os sonhos são um complemento da felicidade mas nos momentos de dor.. por vezes são mais uma fuga do que propriamente um complemento de alguma coisa..
Disseram-me uma vez que os sentimentos são puros demais para que a partir deles tenhamos que sofrer.. e eu concordo, especialmente no que se refere ao que circunda o amor.
Na minha tão modesta opinião.. nunca podemos transformar em sombra.. o que mais luz e força nos poderia transmitir para enfrentar sempre a realidade. Cabe a cada um fazer essa transição.. porque existe sempre mais vida para além disso por muito que por vezes se custe a acreditar em determinadas fases.
Mas acreditar é o primeiro passo..
:)*****Ser-se em Palavras
(http://www.longtakk.blogs.sapo.pt)
(mailto:golden_sky_@hotmail.com)

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers