Quarta-feira, 5 de Outubro de 2005

Mad about the boy

image_442036.jpg


Faço por me esquecer das coisas boas.

Para não sofrer tanto...esqueço-me dos lugares,dos cheiros,das pessoas.Mas isso é impossivel...nada consegue apagar um sorriso,ou um choro abafado.Mesmo assim faço por me esquecer.Mas as coisas boas são como as más,nunca desaparecem.
Tentar esquecer é só uma maneira de aliviar um coração demasiado apertado.Mas quando temos a guarda baixa,quando já nos habituamos a não sentir,o corpo inteiro acorda...acontece alguma coisa que nos cola a este segundo.Nesses momentos temos sorte...sorte sim,mesmo que sejam coisas más.Sorte porque nos acordam da inércia dos dias que passam.Fazem-nos valorizar a vida...

Num destes dias uns segundos do agora vieram ter comigo...acordaram-me para a realidade.Refrescaram o significado da palavra sofrer...como se eu precisasse de me lembrar.Mas a verdade é que preciso...Quero tentar esquecer-me,mas não posso.
Por muito que me confronte com o vazio nunca será demais.Mesmo naqueles momentos em que já nem consigo respirar...

Numa conversa que tive recentemente lembro-me de ter dito a alguém que sou a pessoa mais apaixonada do mundo.Apaixonada por uma pessoa que não existe...como estamos todos.Todos os que ainda não a encontraram claro...
Todos os dias imagino o mundo a acordar e a levantar-se da cama a pensar numa pessoa,amando-a completamente sem a conhecerem.A quantidade de amor que nunca chega a lado nenhum...e as pessoas a começarem o seu quotidiano,no emprego,a lavar os dentes,na rua.De vez em quando deixo-me pensar que talvez essa seja a unica maneira...

Acordar...eu só queria acordar.Respirar o amor de alguém...o impossivel possivel.A coisa mais doce de ter e de perder.

Não sei se fiz muito sentido...para quem quizer compreender melhor teem alguém melhor que eu: Lena Horne 'In love in vain'...enjoy.
aware
publicado por aware às 02:43
| comentar
|
2 comentários:
De a 6 de Outubro de 2005 às 06:04
:) Entende-se bem, fizeste com que se tornasse perceptivel. Acho que numa situação assim, nunca se deve fechar o coração. Deves te-lo sempre aberto para aquilo que mais se deseja, para o que o pode preencher.. e deixar controlar por isso. Enfim.. é o amor. É tão vasto, tão puro, tão bom.. não vou dizer que é doloroso porque dolorosos são os actos e não o sentimento.. penso que do sentimento só podemos sentir o que é bom.. e viver com isso:)
******Ser-se em Palavras
(http://www.longtakk.blogs.sapo.pt)
(mailto:golden_sky@hotmail.com)
De a 5 de Outubro de 2005 às 03:05
É a primeira vez ke cá venho. Li o teu post e a vontade de amares alguém que não conheces. Dizem que o amor só passa uma vez na vida, para cada um de nós, e que temos que estar atentos para não o deixar passar porque caso conrário ele não volta mais. Tens pois que andar atenta, sem distrações e quem sabe um dia numa qualquer eskina de uma qualquer rua ele não bate em ti. Bom fika bem, tem um bom feriado e recebe um beijinho meu.zzeka
(http://vamps.blogs.sapo.pt)
(mailto:zzeca855@hotmail.com)

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers