Segunda-feira, 12 de Setembro de 2005

irrealidades

lua_1.JPG


Tenho saudades da lua cheia...

No outro dia foi o primeiro dia,esperei pela hora e quando já passava um pouco saí de casa.Andei pelos sitios de sempre,ruas do meu bairro...e vi o crescente um minuto antes de chegar.Vi a porta, e como para me desafiar entreabriu-se ligeiramente com uma corrente de ar.O dojo,o tapete...as pessoas.
Sentei-me no passeio cá fora e esperei...não conseguia entrar mas também não conseguia ir-me embora.Ouvi o espanta espiritos da porta e senti o ar do meu mundo...o cheiro das estações que mudam.
Desde pequena que sempre aguardei com espectativa as mudanças de estação,porque sempre adorei sentir pela primeira vez o cheiro da nova estação.
Inverno,verão,primavera...sempre diferentes.Despedi-me do verão,um verão a morrer nos primeiros frios,mas ainda está lá.Talvez o outono venha com a primeira chuva,tenho de acordar cedo...os cheiros são sempre mais distintos de manhã cedo.

Sentei-me no passeio e pensei nas pessoas,em todas as pessoas,não só as que estavam lá dentro.Lembrei-me do que senti uma vez que fui ter com o Rainman...estava sentada e disse-lhe 'deve mesmo amar as pessoas para estar aqui' ele sorriu e disse que sim.
Pensei que eu também as amo...e isso fez-me triste mas também me fez sorrir.
Alguém deu por mim,convidou-me a entrar e eu não consegui,agradeci e regressei a casa.

No caminho para casa pensei nas ruas como quando era pequena,como quem fui e quem sou agora...como o mesmo se tornou tão diferente.Quem ama tem de se preparar á partida para perder tudo...tenho de me preparar.A unica segurança que existe é aceitar que não existe segurança.Se amo os outros dou-lhes a capacidade de me amar mas também de tirar...e tudo pode desaparecer num segundo.
Se me desapegar do que possuo,de tudo o que amo e odeio até do meu corpo...podem tirar-me a liberdade,podem tirar-me as ilusões mas não me podem tirar a minha identidade.Se amar nada estará verdadeiramente longe.

só queria ter algum conforto na solidão... conhecimento,unidade,honra,movimento...sopro.Lua.

aware
publicado por aware às 01:40
| comentar
|
4 comentários:
De a 13 de Setembro de 2005 às 23:26
Cada vez mais percebo que o tempo e o contacto com os outros é a unica verdadeira ferramenta para chegar a termos conosco proprios.Tempo e trabalho...é por encontrar-mos pessoas em que nos vemos reflectidos que nos sentimos bem,espaços em branco são preenchidos.É por isso que estamos todos aqui.:)aware
(http://pilgrimhearts.blogs.sapo.pt)
(mailto:jani_fullmoon@hotmail.com)
De a 13 de Setembro de 2005 às 21:49
Peguei nesta tua frase "Se me desapegar do que possuo,de tudo o que amo e odeio até do meu corpo..." como dizia, peguei na frase para dizer-te que não gostei de ouvir palavras que cortam o coração. Já basta pensar nelas, e já basta ouvi-las, constantemente, dentro da minha cabeça... Como é que o destino levou-me até ao teu blog? Eu teria escrito o mesmo, mas não tive coragem. Que hei-de fazer? augusto
(http://bicodepena.blogs.sapo.pt)
(mailto:brilhanteribeiro@sapo.pt)
De a 12 de Setembro de 2005 às 06:58
Primeira vez que visito teu blog e ameiiii tudo,
continue assim, a escrever... escrever...

Beijos
Ana Brunini :)Ana Brunini
(http://anabrunini.blogs.sapo.pt/)
(mailto:anahbrunini@hotmaail.com)
De a 12 de Setembro de 2005 às 04:59
Amar também é arriscar, mas amar é ter a capacidade para conquistar o que gostamos e atingir para além disso.. lá está, entrar um pouco nos sonhos, misturar realidade com fantasia.. e se existe essa capacidade para amar como está patente no texto, então é porque a vontade de conquistar o que eu disse, existe, o querer partilhar o mundo, também.. então a opção, mesmo que o momento seja de solidão, é viver, guardar essa capacidade de amar e olhar o mundo como se o novo dia nos guardasse mais alguma coisa para observar, aprender, crescer..não ficar preso ao tempo.
Tal como a lua.. observá-la, partilhar com a noite o amor pela vida e antes de tudo, pela nossa propria identidade.
Consegue-se alcançar tudo ou pelo menos tentar e quem tenta sempre alcança como dizem os sábios embora eu pense que é mais quem tenta sempre se sente realizado e feliz por ter coragem e força para o fazer.. mas são pontos de vista.
Prolonguei-me no comentário porque gostei do texto, com um pouco de enigma pelo meio o que o torna ainda mais interessante.
A imagem é tranquila.:)***Ser-se em Palavras
(http://www.longtakk.blogs.sapo.pt)
(mailto:golden_sky_@hotmail.com)

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers