Segunda-feira, 13 de Março de 2006

Amo de olhos fechados

perfections.jpg

A suavidade numa cascata de lençóis...em slow motion.Desfocado...

A luz da tarde a dourar a cabeceira da cama e o som do mundo lá longe,debaixo da minha janela entreaberta.

Estendo um braço e sinto a cama com as costas da mão,afagando o meu próprio sono.Procuro a música,perto da minha almofada...vem da escuridão e eu sigo-a,semicerro os olhos e ouço-a melhor...as contas do meu colar rebentam e espalham-se pelo chão como lágrimas de leite.Estou a sonhar...que bom.

Estou na minha casa... e a música vem do gira-discos...a voz vem do negro que gira e brilha em suores debaixo da agulha.Blues...

Descalço as sandálias empoeiradas e no sitio onde estiveram as tiras de couro fica a pele branca e rosa dos meus pés de barro.

Sei que nunca estive aqui...mas sei que esta é a minha casa e que aqui sou livre,livre como a brisa que brinca nas minhas canelas nuas.Livre como o grito quente das andorinhas para lá da varanda.
Levo as mãos ao meu cabelo e solto-o,sinto-o passear nos meus ombros em ondas pelas costas...
Isso surpreende-me e diverte-me, estou a sonhar que cresceu ...finalmente.
Sento-me na pequena cadeira ao lado da mesa e sinto a frescura da sombra no corpo,o sol na rua a queimar a terra.

...e olho de soslaio a uma caixa de latão semi enferrujada,em cima da mesa, cheia de fotografias a preto e branco.No que me parece ser um infinito...fico, olhando para a nitidez do mundo e das cores do céu.

Olho para a brancura do tecto e sei que no topo das escadas eles dormem dentro da paz que são os seus corpos.Sinto-me na brisa que os beija...
A musica balança nos pequenos grãos de pó que o sol doura silenciosamente.
Ponho as contas que consegui apanhar e o fecho solitário do colar dentro da caixa.Vejo os meus pés debaixo da água que cai e lhes leva a côr sobrando só o marfim corado...encho as mãos de água e lavo a cara de tudo o que alguma vez fui ou pensei.

Subo as escadas e no quarto claro e vazio boiam dois corpos numa cama grande e branca de lençóis...dormindo profundamente.

Abro as janelas ligeiramente e olho para o meu reflexo fugidio no espelho da cómoda,sorrio porque naquele vislumbre não me reconheci.
Passo a mão pela minha barriga, sinto alguém a virar-se no sono...subo para a cama.
Deito-me e fico,olhando-os no silêncio,perdendo-me na cara de um e no corpo do outro...encaixo-me na curva grande que cabe em mim e chego o pequeno ao meu peito...fecho a sua mão dentro da minha.Sinto um beijo no pescoço e uma mão grande sobre a minha barriga redonda...e sorrio.

Neste amor...

...


Adormeço e assim os meus olhos abrem...acordo.


Aware
publicado por aware às 01:11
| comentar
|
4 comentários:
De a 14 de Março de 2006 às 08:10
Um sonho que nos leva ao mundo dos sentimentos...voltando depois ao abraço do amor. Simplesmente linda este teu jeito de descrever o sonho.Ana Luar
(http://aromademulher.blog.simplesnet.pt/)
(mailto:luar_zita@msn.com)
De a 14 de Março de 2006 às 00:12
Fantástico! O texto tem cor, som, frescura, vida, movimento.. melodia de inocência, de algo que é genuíno e que às vezes só os sonhos conseguem mesmo transmitir.
Definitivamente, o sonho não é uma fuga .. mas uma libertação, um dom que guarda as fantasias e maravilhas que o mundo pode ter. Saí mais inspirado e reconfortado daqui.
Beijos****Ser-se em Palavras
(http://www.longtakk.blogs.sapo.pt)
(mailto:golden_sky_@hotmail.com)
De a 13 de Março de 2006 às 10:25
Aware sentia saudades de ler-te. Saí contigo neste sonho e aconcheguei-me neste texto de amor. BeijoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)
De a 13 de Março de 2006 às 10:04
Lindo! Fui transportado para lá dos limites da imaginação, com num cont de fadas..e faz-me sorrir =) ***samuel
(http://www.samuelcoelhgo.blogspot.com)
(mailto:unklesamuel@hotmail.com)

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers