Terça-feira, 23 de Maio de 2006

Tempo de árvores em flor



De manhã cedo passo pelas ruas e dobrando uma esquina olho para o céu através de uma jacarandá em flor...vejo a lua.

As ruas da minha cidade cheiram a roupa que seca no rigor da manhã.

Os carros passam e as máquinas de café gritam, as portas abertas dos cafés levam à rua o cheiro de bolos acabados de fazer. O mundo tenta acordar o meu corpo que ainda me sabe a cinzento e que ainda leva o calor da cama. Apresso-me e sinto os músculos das pernas a doer e a esticar ao ritmo do ponteiro dos segundos no enorme relógio da torre da igreja. As cegonhas tiram a seriedade ao tempo...imóveis na brisa que passa pelos telhados.

Sonho com um músico excêntrico que tocasse piano a estas horas...mas essa música não se ouve,as janelas abertas só trazem silêncio dos lençóis ainda quentes.

O calor sonolento de uma tarde passada entre as árvores do parque. Apanho penas do chão de todas as cores e feitios e prendo-as à minha roupa. Como fazia o pássaro preto da fábula para enganar o rei.
Sento-me nos bancos e deixo que as pombas subam para os meus joelhos, pousam-me nas mãos e nos braços...
No sussurrar daquelas asas faço o luto aos sonhos mortos. O murmúrio dos corações pequenos e quentes como o meu...tremem para se equilibrarem.
Tento capturar o futuro com definições, mapas e coordenadas...tento não me sentir gasta pela realidade. O verdadeiro trabalho desaparece por caminhos desconhecidos e invisíveis enterrado no dinheiro que anuncia a sua chegada. Promessa vã...

O espírito estala e as pombas assustam-se, levantam...fecho os olhos dentro do som de asas.

No caminho para casa passo por cima de tapetes de flores roxas,no conforto das sombras vivas. A minha tenta fugir-me sem conseguir...

Tento em vão esconder-me do sol.

A noite traz o sono, e o sono tudo absolve. Tudo perdoa...

Amanhã tenho de ser mais forte.


Aware

publicado por aware às 23:06
| comentar
|

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers