Quinta-feira, 25 de Maio de 2006

De olhos fechados.



Lava o meu corpo, perfuma-o com óleos.

Deita-o na cama, arranja o cabelo de roda da minha cara...abre uma janela.

Deixa-me dormir agora, deixa-me parar agora. Quero fugir agora.

Fui feita com demasiado ar...a vida passa atravéz de mim. Sou feita para outros mundos.

Desfaço-me para viver e isso parece não ter grande importãncia.

Já não quero mais nada.

O corpo morre para salvar a alma que não quer ser alterada pelo mundo.

Sonhos morrem sem letras...o sono fecha todas as portas.



Aware
publicado por aware às 23:30
| comentar
|
2 comentários:
De Samuel a 26 de Maio de 2006 às 17:29
"Demasiaso ar"...deixa os ventos passarem através de ti, filtra o que de melhor te podem oferecer. Antes feito de ar do que de pedra! *
De Aran_aran a 27 de Maio de 2006 às 18:22
E graças a essa tua sensibilidade... temos aqui escritos maravilhosos!!! Gostei de te ler... Um beijinho grande e um bom Domingo ;)

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers