Sábado, 3 de Junho de 2006

song nº 9



Ouvi há muito tempo palavras doces que não eram para mim.

Agora tento em vão capturar as emoções com palavras, com gestos e traços.
Sorrio da minha própria invisibilidade e abraço a ausência com tanta força que a minha alma doi.

É enebriante...

Sonho todos os dias com aquilo que não posso ter e quando acordo cada manhã me parece um castigo...se não fosse tão doce a memória consciente dessa paz.
Existe tortura maior? Estar tão perto assim...
Fui morta pela minha imperfeição e agora tento o desespero de ser impossível. Desfaço-me para tentar alcançar aquilo que já não existe...não há mais nada a fazer.

Não me resta mais do que me perder na beleza desse momento petrificado. A verdade fica cada vez mais distante, cada vez mais irreal. Eu sei...
Faz-me procurar em antigos livros os pequenos apontamentos, as notas de margem...os nadas mais significantes. Tudo o que encontro me doi.

Alguém melhor que eu esqueceria disto...alguém melhor.

aching (ãk'ing)adj. :enduring or causing pain; painfull: adv. with aching; ...painfully.


Aware
publicado por aware às 21:17
| comentar
|
2 comentários:
De MoonLight a 5 de Junho de 2006 às 07:57
Não és perfeita... Ninguém é...ou melhor, se nos olharmos de uma outra perspectivas, somos! Se sentirmos que quando vimos à Terra somos perfeito tal e qual vimos, então somos perfeitos... Caso contrário, andamos sempre às "turras" connosco e a perder tempo com comparações imperfeitas com outras pessoas. Tu és perfeita, tal e qual és! Nada mais que isso! Aceita-te... E eu sei que é difícil... Masi do que qualquer outro caminho que se percorra... Mas é meio caminho para a nossa vida dar uma volta enorme! Fica bem. Obrigado pela visita. Já tinha passado, mas ainda não tinha con seguido comentar! Bjs de Luz
De a 5 de Junho de 2006 às 19:01
Ontem quando fazia buscas na Internet - sim esta rede de aranha urdida, em que todos nos agarramos - deparei com o teu blog... por acaso... furtuitamente... sem que nada nem ninguém me tivesse dado a conhecer a existencia dele. E não fui capaz de me desligar. Devorei textos atrás de textos, poemas atrás de poemas, imagem após imagem. E nunca me senti tão bem.
Por favor não deixes de partilhar as tuas emoções...

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers