Quarta-feira, 13 de Setembro de 2006

Om



Alguém disse...que se faça silêncio.

As nuvens pararam, nesse mesmo momento.

Ficaram suspensas, como almas que antecipam a próxima palavra que as faça viver. O tempo não parou...apenas susteve a respiração e então, lentamente suspirou.
Contendo tudo e abdicando de tudo, num único movimento.

"Le roi est mort, vive le roi"

Olho para trás e reparo pela primeira vez que este não é nem nunca foi um diário. As palavras, as imagens deixam um rasto, são ecos...sei o que é.
A palavra, o nome, está entre os meus lábios cerrados, sinto-o na ponta dos dedos como uma flecha pronta a disparar...e lembro-me duma admoestação antiga..."proferir uma palavra é matá-la."

Não há um dia que passe sem que eu questione a verdade dessa afirmação. Olho para as minhas próprias palavras...a antiga expressão volta..."pregar verdades ao papel antes que voem."
O que me dizem as minhas próprias palavras?

Agora que vejo para além da tinta...para além das formas, para além dos sons.

Essa expressão preocupa-me, olho para a colecção, as joias, as cores, animais alinhados entre pontos finais, alfinetes. A imaginação será  movimento? As asas, demasiado leve, etéreo...etér...estáticas. Êxtase.

Este é um sitio parado no tempo onde as realidades ficam, onde a morte e a vida são inseparáveis. Eu sei o seu nome mas ainda não o pronuncio...quero que viva enquanto duvido. O som do coração e o cheiro da terra molhada.

O som entrou pelas janelas abertas, contínuo...chuva.


Aware
publicado por aware às 22:27
| comentar
|
4 comentários:
De Rita a 14 de Setembro de 2006 às 22:49
..."proferir uma palavra é matá-la." pois é.. ainda não há palavras (e talvez nunca venham a haver) para exprimir todas as dimensões do que vai cá dentro...era precisa outra linguagem..:) um abraço:)
De Maria Papoila a 16 de Setembro de 2006 às 13:15
Hoje não quebro o silêncio.
OM...
Beijo
De Art Of Love a 17 de Setembro de 2006 às 00:00
Aware,
Venho desafiar-te a imaginação, a utilizares as tuas palavras para além da tinta, a alinhá-las entre pontos finais e virgulas... por isso passa lá pelo "About Last Night". Espero que aceites o desafio, até porque será uma forma de te conhecer melhor.
Bjs.
De Bubbles a 20 de Setembro de 2006 às 00:06
realmente, não há palavras para descrever as tuas palavras, ou nome algum a dar-lhes. são elas, puras, sinceras, lindas, tuas. e mais nada.
beijinho :)

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
Hit Counter

...recent dreams

Home

The gates

sidartha

Burnt Wings

Ouro

Sleepwalker

Red

Luz e solidão.

Art of Peace

golden brown

...other dreams

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

...other dreamers